Perguntas frequentes

Qual é a diferença entre aluno regular e aluno especial?

O aluno regular é o aluno efetivamente matriculado, com direitos e deveres frente ao programa. Possui carga horária, cumprimento de créditos e apresentação e aprovação de dissertação obrigatórios. Ao final do curso, será intitulado Mestre em Comunicação e Territorialidades.
O aluno especial pode cursar uma única disciplina, durante um semestre letivo. Sendo aprovado na disciplina cursada e participando da seleção de aluno regular obtendo aprovação, a disciplina poderá ser aproveitada conforme regras estabelecidas em regimento interno.

Qual é a periodicidade de seleção?

A seleção de alunos regulares acontece anualmente. Comumente o edital é publicado no segundo semestre de cada ano, abrindo vagas para a turma do ano vindouro. Já a seleção de alunos especiais é realizada semestralmente, e as vagas são ofertadas conforme a demanda interna do programa no respectivo semestre letivo.

Quais os tipos de Pós-Graduação oferecidos?

A pós-graduação no Brasil é dividida em dois níveis: o lato sensu (englobando os cursos de especialização e aperfeiçoamento) e o stricto sensu (englobando os cursos de mestrado e doutorado). O PÓSCOM oferece apenas um nível de pós-graduação, o mestrado acadêmico stricto sensu.

Os cursos de pós-graduação são pagos ou gratuitos?

Os cursos de especialização podem ser pagos ou gratuitos. Os cursos de mestrado e doutorado da UFES são gratuitos pois são financiados diretamente pelo governo federal.

Os cursos de Mestrado e Doutorado exigem dedicação em tempo integral?

O aluno deve ter disponibilidade de tempo para frequentar as disciplinas, desenvolver atividades em laboratórios, participar de seminários, reuniões de supervisão e elaborar sua dissertação ou tese. Aos bolsistas exige-se o tempo integral, conforme resoluções dos fomentos que concedem as bolsas.

Quais os horários em que as disciplinas são ministradas?

Das 14 às 18 horas.

Há bolsas de estudo?

Em geral os Programas de Pós-Graduação da UFES dispõem de bolsas oriundas da CAPES, do CNPq, da FAPES, e outras instituições e empresas. Uma parte dessas bolsas provém de cotas destinadas ao Programa e a outra de projetos específicos. A disponibilidade e oferta das bolsas podem variar pelo orçamento anual dos órgãos e pela celebração/execução de projetos/convênios. O PÓSCOM dispõe de critérios internos para a distribuição das bolsas, estabelecidos e fiscalizados pela Comissão de Bolsas.

Transparência Pública
Acesso à informação

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910